Página Inicial

Onde havia promessas, hoje há propostas concretas para a melhoria da educação na Região da Costa Verde. Em visita técnica nesta quarta-feira (10/7) a Mangaratiba e Angra dos Reis, o secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Gustavo Tutuca, e o presidente da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), Celso Pansera, anunciaram investimentos que incluem a construção de um Centro Vocacional Tecnológico (CVT) na antiga rodoviária de Mangaratiba e a implantação de outro CVT no bairro de Japuíba, em Angra. O volume investido neste último será de R$ 5 milhões. Já a primeira obra ainda encontra-se em fase de levantamento de custos.

Mangaratiba cresce gradativamente em proporções populacionais, o que demanda mão de obra local especializada e qualificada. É o morador mais próximo da inserção no mercado de trabalho, como explicou o secretário Gustavo Tutuca:

– Depois de análise e estudos, a prefeitura nos direcionou para este local (a antiga rodoviária), onde teremos um centro de fomento às novas ideias que envolvem tecnologias e inovação. O estudo pedagógico irá revelar as áreas e cursos a serem ofertados, que serão adequados às vocações da região. Nosso enfoque, hoje, é a qualificação para o setor Turístico – declarou o secretário.

Com uma área de fácil acessibilidade e urbanizada, a unidade estará pronta para que o início das aulas ocorra já no primeiro semestre de 2014. Ainda de acordo com o secretário, as obras começarão em dois meses.

Foto: Divulgação / Faetec

Prefeito Evandro Capixaba, o presidente da Faetec Celso Pansera e o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, em visita técnica a Mangaratiba.

 

O presidente da Faetec, Celso Pansera, afirma que o primeiro passo para a instalação dos CVTs aponta o interesse em investir ainda mais no potencial econômico da região.

– Essas unidades marcarão a entrada da Rede na Costa Verde, principalmente no que tange a capacitação profissional na área de Hospitalidade e Lazer, haja vista a vocação para o turismo dos municípios – ressaltou Pansera.

Para o prefeito de Mangaratiba, Eduardo Capixaba, essa conquista para o cidadão dará oportunidade de melhoria da qualificação da mão de obra local.

– Estamos contentes com essa conquista que sairá do papel. Há mais de 20 anos havia a promessa de revitalização deste local, e isso só está sendo possível agora. Desta vez, será diferente. O abandono da antiga rodoviária dará lugar a um espaço oportuno para o desenvolvimento e inovações – declarou o prefeito.

CVT Japuíba

Com investimento de R$5 milhões, que incluem equipamentos e instalações físicas, o primeiro CVT de Angra será construído no bairro Japuíba.

– Viemos fazer a primeira visita técnica para reconhecimento do terreno. O recurso já está reservado para garantir o início das obras, que costumam ser concluídas em cerca de quatro meses. Esperamos atender entre 1.500 a 2.000 pessoas – explicou o secretário Gustavo Tutuca.

Local onde será construído o CVT Japuíba em Angra dos Reis

 

A definição dos cursos que serão ministrados no CVT será feita a partir de um estudo da vocação regional elaborado pela Faetec.

O secretário de Obras de Angra, Jefferson Deccache, disse que dará prioridades aos trâmites legais visando agilizar para o início das obras.

– O terreno é da prefeitura e queremos fazer de tudo para que a obra comece imediatamente – declarou.