Ensino Técnico

 

 Referência no Estado do Rio de Janeiro, o Ensino Técnico de Nível Médio é um dos segmentos de maior destaque na Faetec. Mais de 11 mil vagas por ano são oferecidas em 37 unidades da Rede, sendo a maior demanda para as 19 Escolas Técnicas Estaduais (ETEs). São oportunidades em diferentes eixos tecnológicos como Meio Ambiente e Saúde; Segurança; Controle e Processos Industriais; Gestão e Negócios, entre outros.

 Além das Escolas Técnicas Estaduais, as oportunidades se estendem para o Centro de Educação Profissional em Tecnologia da Informação (Cepti), em Petrópolis, o Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (Iserj), no município do Rio, e o Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert (Isepam), em Campos dos Goytacazes. Os cursos Técnicos de Nível Médio também são oferecidos em Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e em Centros de Educação Tecnológica e Profissionalizante (Ceteps), além das instituições parceiras: Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre) e Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A. (Nuclep), esta localizada em Itaguaí.

 O segmento, gerido pela Diretoria de Desenvolvimento da Educação Básica e Técnica, é oferecido em quatro formas de oferta na Rede, sendo o processo seletivo para três delas (Ensino Médio Integrado, Concomitância Externa e Subsequente) feito por meio de provas objetivas de Conhecimentos Gerais e, em alguns cursos, de Conhecimentos Específicos. Já a seleção do Proeja é feita através de sorteio.

 ENSINO MÉDIO INTEGRADO - Voltado para quem já concluiu o Ensino Fundamental e deseja conquistar a habilitação profissional Técnica de Nível Médio na Faetec. O aluno faz o Ensino Médio Integrado ao Técnico numa mesma matriz curricular. Os cursos nessa forma de oferta têm duração de três anos.

 CONCOMITÂNCIA EXTERNA - O pré-requisito é estar matriculado no Ensino Médio em outra instituição, sendo a habilitação profissional Técnica obtida através da Rede Faetec. A forma de oferta apresenta cursos com duração de dois ou três anos.

 SUBSEQUENTE - É necessário que o aluno já tenha concluído o Ensino Médio. Nesse caso, o estudante garante a diplomação numa média de um ano e meio.

 PROEJA - O Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Jovens e Adultos (Proeja) garante oportunidades de estudos àqueles que não tiveram acesso ao Ensino Médio e à Educação Profissional. É necessário ter a idade mínima de 18 anos e o Ensino Fundamental completo. Os cursos duram, em média, três anos.