Faetec tem novo presidente

Mestre em Educação na área de Políticas Públicas, Miguel Badenes assume a Presidência no lugar de Tande Vieira

 

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), instituição vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, tem novo presidente. É o mestre em Educação Miguel Badenes Prades Filho, de 61 anos, que deixa o cargo de vice-presidente Educacional da mesma instituição. Ele anunciou que uma de suas primeiras ações será finalizar o processo licitatório para a contratação de uma empresa que vai realizar o concurso para o preenchimento de 5.700 vagas destinadas aos cursos regulares do ensino médio profissionalizante e do ensino superior.

 

- Essa é uma das principais demandas que recebemos da população. O que mais querem saber de nós é quando haverá vagas para os cursos em 2017. Estamos elaborando o edital para realizar o concurso e, em breve, divulgaremos as datas – adiantou.

 

O novo presidente esclareceu também que está abrindo outra licitação para a contratação de uma nova empresa que irá regularizar o funcionamento de toda a Rede Faetec.

                                                                                                         (Foto: Felipe Corrêa) 

 

Biografia

 

Graduado em Engenharia Industrial Mecânica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ), Miguel Badenes possui ainda Especialização em Didática do Ensino Superior, além do mestrado. Já foi diretor-geral do Cefet por dois mandatos consecutivos, entre 2003 e 2007 e 2007 e 2011. Durante sua administração, esteve à frente da Presidência do Conselho Diretor do Centro Federal.

 

Ocupou a vice-presidência do Conselho de Dirigentes das Instituições de Ensino Superior Federais Especializadas (Codesfe). Além disso, foi membro do Conselho Fiscal e da Diretoria Executiva da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), do Fórum de Reitores do Estado do Rio (Forerj), do Conselho Regional do Sesi/Senai (Firjan), do Conselho de Política Urbana de Nova Iguaçu (Conpurb), do Conselho Nacional do Senac e do Conselho Superior da Faetec.

 

Miguel Badenes também ocupou o cargo de subsecretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro.